quinta-feira, 19 de novembro de 2009

HOTEL JATIÚCA: resort boutique mais tradicional de Maceió completa 30 anos de operação

HOTEL JATIÚCA: resort boutique mais tradicional de Maceió completa 30 anos de operação



Eleito como um dos dez melhores do Brasil pela revista Viagem & Turismo em 2008, ele foi o primeiro resort a se instalar na cidade, contribuiu para o desenvolvimento do turismo em Alagoas e mantém até hoje a excelência em conceito, serviço e gastronomia.

Há ícones na hotelaria brasileira que chegaram para ficar e atuar por um longo e indeterminado tempo, tamanho o carisma e os atributos que oferecem desde sua inauguração. Temos na memória da indústria hoteleira jóias como os lendários Copacabana Palace e Hotel Glória no Rio de Janeiro, o Grande Hotel SENAC (em Campos do Jordão), o Tropical em Manaus entre outros poucos e seletos empreendimentos que povoam nossos sonhos de consumo.


No Nordeste, um destes empreendimentos inesquecíveis comemora, no mês de novembro, 30 anos de operação e a certeza de que sua chegada à Maceió contribuiu para o desenvolvimento da indústria do turismo de Alagoas. O Hotel Jatiúca, na belíssima praia homônima – onde hoje estão localizados os bares, restaurantes e ruas mais badalados da capital alagoana – é referência em resort boutique, mantendo ao longo desses anos a excelência em conceito, atendimento e culinária, em um ambiente acolhedor.


Pioneiro na hotelaria alagoana na época em que iniciou suas atividades – novembro de 1979 – o Jatiúca era tido como o destino, bem antes de Maceió despontar no cenário turístico nacional. No decorrer desses anos sempre buscou agregar facilidades e serviços aos seus hóspedes, sem perder o charme que o fez tão conhecido. Em 1991 com a crescente demanda pelo destino Maceió foi inaugurada a unidade Jatiúca Resort Flat, com 82 suítes, que até hoje mantem uma excelente taxa de ocupação juntamente com o Hotel Jatiúca.



Além da beleza natural – são 62 mil metros quadrados de jardins tropicais, coqueiros, lagoa natural e 200 metros de praia praticamente privativa –, o encanto do Jatiúca está na tradição que mantém em Maceió, na qualidade dos serviços prestados ao hóspede e em sua localização – é praticamente um oásis dentro da cidade e o único hotel “pé na areia” na orla urbana da região –, itens que o tornaram bem lembrado entre os turistas desde o início de sua trajetória. Prova disso é que, em 2008, foi eleito como um dos 10 melhores hotéis do Brasil na escolha do público, em pesquisa promovida pela conceituada revista Viagem & Turismo. E recentemente recebeu o Certificado do PAS – Programa Alimentos Seguros, desenvolvido pelo Sistema “S”, que congrega instituições das mais respeitadas do país como SENAC, SENAI, SESC, SESI E Sebrae.


Sempre atento às necessidades de melhorias e acompanhando as tendências do mercado atual, constantemente o hotel passa por manutenções. Obras são, geralmente, realizadas em período de baixa temporada, todos os anos, renovando a infra-estrutura e modernizando as instalações. A última delas ficou pronta neste mês de outubro: uma ampla reformulação na recepção, trazendo ao ambiente os móveis da elegante grife Artefacto.


Para checar o retorno deste investimento e atender as expectativas de seu hóspede, o Jatiúca disponibiliza nos quartos um opinário, que pode ser preenchido pelo cliente em sua estada. Críticas e sugestões são sempre bem-recebidas e respondidas freqüentemente ao remetente.


Para fincar sua marca neste mercado, foi necessário - além de determinação e disciplina -empreender esforços e estratégias, rigidamente seguidas durante toda sua história, permanecendo vivo e competitivo, mesmo com a crescente demanda de novos empreendimentos da categoria que chegaram ao país.




Hotel Jatiúca celebra virada do ano com pacote especial e uma inesquecível Noite Mexicana


A passagem de ano de 2009 para 2010 terá direito a muita festa e uma linda paisagem no Hotel Jatiúca, em Maceió.

Para o Réveillon deste ano, o resort alagoano preparou um pacote de sete noites por R$ 6.446,00 em apartamento duplo ou suíte tipo B dupla.A hospedagem inclui meia pensão – café da manhã e jantar.


Na noite de 31 de dezembro, o jantar será substituído pela tradicional festa de Ano Novo, que este ano terá como tema o México e oferecerá bebidas à vontade – cerveja, vinho, whisky Red Label 8 anos, água mineral, refrigerante e um brinde com espumante. Para ambientar esta noite mexicana, os terraços e jardins da praia serão totalmente decorados com artigos que remetam à temática. A ceia, preparada pelo chef Thomas de Sousa, trará pratos tradicionais de Réveillon e também algumas receitas típicas do México. Para animar a festa, a orquestra Conexão Latina fará uma apresentação com repertório eclético.


Durante a estada, os hóspedes ainda poderão desfrutar de toda a infra-estrutura do hotel, como as duas piscinas (adulto e infantil), duas quadras de tênis, uma quadra de areia para voleibol, oficinas de ginástica ao ar livre, playground, área para caminhadas, sala de jogos com sinuca, ping-pong e jogos eletrônicos. Para a criançada, há o Clube do Jacarezinho – ponto de encontro com a equipe de lazer do hotel –, e o Clubinho para Artes Manuais.

Além disso, duas crianças de até 12 anos no mesmo apartamento dos pais não pagam a hospedagem.

Chef Thomas de Sousa


Natural de Promissão no estado de São Paulo, o chef Thomas, como é carinhosamente chamado, está radicado em Alagoas desde os seus 12 anos e à frente da cozinha do Jatiúca Hotéis & Resorts desde 1996. Sempre buscando renovar seu conhecimento, concluiu alguns cursos de atualização pelo SENAC. Experiente, representou o Brasil em Madrid e Barcelona no Festival da Culinária Brasileira promovido pela Varig e pela Rede Meliá de Hotéis. Para elaborar o cardápio do Restaurante das Alagoas, Thomas realizou pesquisas, testes e degustações, com o intuito de agradar aos mais diversos paladares.


Sobre o Jatiúca


Localizado na praia de Jatiúca, em meio a uma área verde de 62 mil metros quadrados, está um dos mais belos hotéis da costa brasileira, o Jatiúca Hotéis & Resorts, que mantém a privacidade de um resort, no centro de Maceió, e a 25 minutos do aeroporto. São 96 apartamentos no Jatiúca Resort Hotel e mais 82 suítes no Jatiúca Resort Flat. Todas as acomodações possuem TV aberta e por assinatura, Internet wi-fi, música ambiente, cofre individual, ar condicionado, secador de cabelos, telefone com discagem direta DDD/DDI e frigobar.

Jatiúca Resorts & Hotéis
Rua. Dr. Mario Nunes Vieira, 220
CEP: 57037 - 170
Mangabeiras – Maceió (AL)Telefone: (82) 2122-2000 – reservas@hoteljatiuca.com.br
http://www.hoteljatiuca.com.br/
Tel: (82) 2122.2000
reservas@hoteljatiuca.com.br

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

SONHO DE NATAL, ORGULHO DA COMUNIDADE DE CANELA


SONHO DE NATAL, ORGULHO DA COMUNIDADE DE CANELA


Há 22 anos a comunidade de Canela criou o Sonho de Natal. O evento contava, ano a ano, com uma comissão de canelenses que tomavam conta da decoração. O Sonho de Natal mexeu com a autoestima da comunidade e tornou-se um grande orgulho

Clic na foto para ampliá-la


Com o passar dos anos, o Sonho, como é carinhosamente chamado em Canela, criou o espetáculo da chegada do Papai Noel. Jovens da cidade que praticam rapel usam a imponente Igreja Matriz, apelidada de Catedral de Pedra. O Papai Noel chega em Canela pela torre da Catedral e desce seus 65 metros, acompanhado dos gnomos, seus ajudantes, provocando expectativa e brilho nos olhos nas pessoas de todas as idades. Neste, que é o ponto mais alto da programação cultural do Sonho de Natal participam os atores canelenses e é sempre convidado uma atração nacional. Francisco Milani, Norton Nascimento, Tiago Lacerda, Angélica, Guilherme Arantes, Fafá de Belém e outros já exibiram seus talentos para a Chegada do Papai Noel em Canela. Após o espetáculo, que acontece sempre nos primeiros dias de dezembro, o Bom Velhinho ocupa sua residência na cidade, na Praça João Corrêa, onde recebe crianças e adultos e também as cartinhas com pedidos a ele, que originaram a campanha Adote o Sonho de Natal de Uma Criança, que acontecia até alguns anos atrás e que será retomada nesta edição. As pessoas podem ir até a Casa do Papai Noel, escolher cartinhas de crianças carentes e as presentearem com seus sonhos, que vão desde brinquedos, até material escolar e alimentos.


O Sonho de Natal envolve toda a comunidade canelense que meses antes do evento já está reunida para montar adereços que compõem a decoração.

Neste ano, a organização está trazendo novamente o lúdico para o Sonho de Natal, resgatando uma tradição do evento que foi ficando para trás com o passar do tempo. Desde a entrada da cidade, papai noel e seus ajudantes estarão encantando a criançada, culminando na Praça João Corrêa, onde fica a casa do Papai Noel e o bom velhinho na rótulo, oportunizando belas fotos com a imponente Catedral ao fundo; no trajeto até a Catedral de Pedra, a espiritualidade da época natalina estará presente; a Avenida Júlio de Castilhos remeterá o público ao aconchego da época natalina, também com decoração clara, colorida e iluminada. A iluminação será um show a parte nas noites, iniciando em 14 de novembro.


Muitas novidades farão parte desta edição do evento, como o espetáculo “Natal na Cidade dos Sonhos”, com assinatura da canelense Neusa Martinotto, e as Paradas de Natal.
O Sonho de Natal, de 14 de novembro a 10 de janeiro, é uma realização da Prefeitura Municipal de Canela, Fundação Cultural e Associação Comercial e Industrial e conta com patrocínio do Bradesco e CEEE.


ESPETÁCULO NATAL NA CIDADE DOS SONHOS


“Natal na Cidade dos Sonhos” é um espetáculo que envolve música, dança, teatro, arte circense, efeitos especiais muita magia e encanto. O espetáculo traduz uma história lúdica em uma cidade de muitos sonhos e encantos que está sendo preparada para o Natal, onde os visitantes se emocionam com tudo que acontece nesta época do ano. Os Bonecos Noéis criam vida nos telhados das casas deixando os ratos surpresos e eufóricos. Os Elfos, que se consideram donos do lugar, estão presentes o tempo todo e, acompanhados dos amigos ratos, enfeitam as casas e providenciam os brinquedos pedidos nas cartas enviadas para o Papai Noel. A chegada do Natal é anunciada com vozes festivas vindas de todos os cantos e a comemoração deste grande momento se faz com uma ceia mostrando o verdadeiro espírito de Natal!! O Natal na Cidade dos Sonhos conta com mais de 40 participantes entre atores, bailarinos e cantores e cerca de 80 figurinos.


PARADAS DE NATAL CRIAÇÃO - Paulo André da Rosa - DIREÇÃO - Tiago Mello
As paradas irão contar com alas que sairão da Catedral de Pedras e os setores farão evoluções na rua seguindo a música efetuada ao vivo por Banda Marcial.


CONTATOS IMPORTANTES


Comissão Organizadora: FUNDAÇÃO CULTURAL DE CANELA – 54.3282.4066
Presidente Paulo André da Rosa – 54.8125-3004
ACIC – ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE CANELA – 54.3282.1510
Presidente Carlos Alexandre Raymundo – 54.9927-8696
Secretária Executiva do Fundo de Turismo/ACIC Sabrina Knevitz – 54.9179-8768
PREFEITURA MUNICIPAL DE CANELA – SECRETARIA DE TURISMO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO – 54.382.1287
Secretário Municipal Ditmar Bellmann – 54.8124-5455
Depto de Marketing e Eventos Milena Correia – 54.8128-5229
Cateline Haas - 54.81295023
NEUSA MARTINOTTO - Coordenadora do Natal na Cidade dos Sonhos – 54.3282.6128 e 54.8134-4692
ASSESSORIA DE IMPRENSA : Estratégia Comunicação e Marketing – 54.3282.9793 Lu Zanatta – 54.9978-5810 Diego Santos – 54.99097449
Fabiano Cailon – 54. 8121-6668
Ticiane Hanel – 54.9101-8722
FOTOGRAFIA: Ernani Marques

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

PARÁ - O futuro a gente faz agora !

Clic na foto para ampliá-las

Esse é o lema deste fabuloso Estado. Estar em Belém do Pará é ótimo em qualquer época do ano, além do calor humano, o astro rei é companheiro fiel. Para quem gosta de estar em contato com a natureza, Belém se descortina com lugares espetaculares, com toda a exuberância própria da região amazônica. O Mangal das Garças, o parque zoobotânico Museu Emilio Goeldi e o Jardim Botânico Bosque Rodrigues Alves fazem o abre alas da cidade.
Clic na foto para ampliá-las

Inesquecível uma volta na Estação das Docas à beira do Rio, um moderno complexo turístico construído em antigos galpões do porto de Belém. Restaurantes, cineteatro, bares, espaço para feiras e eventos, minifábrica de cerveja, mall de lojas e serviços, livrarias, sorveterias, além de um terminal fluvial para passeios às Ilhas do estorno da cidade. Lembra e supera, em muito, o Puerto Madero, em Buenos Aires. O patrimônio arquitetônico e histório da cidade se vislumbra em cada esquina, demonstrando uma riqueza cultural fantástica e acima de tudo, que vem sendo preservada pelo poder público local. Exemplo disso é o Colonial Forte do Presépio, o neoclássico Teatro da Paz, a art-nouveau da Praça da República, o Museu de Arta Sacra, o Museu Histórico do Pará são excelentes opções para o turista.
Clic na foto para ampliá-las

A gastronomia paraense é considerada uma das mais genuínas e ricas do nosso País. Alguns dos pratos mais apreciados são o pato no tucupi, maniçoba, tacacá, caruru e vatapá. Entre outras delícias, há o fenomenal açaí, saboreado pelos paraenses de forma peculiar, acompanhado com farinha de tapioca ou um bom peixe frito. E isso tudo você poderá observar em uma manhã de sol na maior feira livre da região que é a Feira Ver-o-Peso, funcionando a quatro séculos, trazendo e levando para o mundo o melhor do Pará - Amazônia. Acredite se quiser, são duas mil barracas. Reserve pelo menos uma manhã apenas para caminhar na feira, observar além de tudo, o rico artesanato, saborear frutas que não são encontradas no resto do país, tais como bacaba, cupuaçu, castanha-do-pará, bacuri, pupunha, tucumã, murici e piquiá entre tantas. Com relação a castanha-do-pará, você poderá compra-la a granel, diretamente daquele que colhe e quebra a casca, ao preço de R$ 6,00 o quilo. Aromas diferentes. Ao lado da feira o ancoradouro onde chegam os mais variados tipos de peixe, tanto de água salgada como de água doce. Uma verdadeira fartura para ninguém reclamar.
Clic na foto para ampliá-las

Atualmente Belém já se prepara para a maior festa do Estado e que já acontece ha mais de 200 anos. Trata-se do Círio de Nossa Senhora de Nazaré, a maior procissão católica do país que acontece no segundo domingo de outubro.
Clic na foto para ampliá-las
Você será sempre bem vindo e além de tudo muito bem recebido. O Estado vem se preparando a muito tempo para o potencial turístico, tanto que ha treze anos já funciona a Companhia do Turista, isto é, uma polícia armada atenta a nós turistas. Portanto, não entranhe, se você "casualmente" Junto com seu grupo de amigos, perceber que até sendo seguido a por um, dois ou até mais policiais dessa polícia sempre atenta que está sempre pronta a lhe prestar todo e qualquer auxílio. Você é tão bem tratado que até estranha a não se admire de alguns deles te auxilie a carregar teus pacotes de compras até o táxi ou até mesmo ir chamar o tachai para você.
Clic na foto para ampliá-las

Mas não se limite em ficar unicamente na rica Capital, mergulhe fundo na cultura secular desse estado seguindo em direção ao paradisíaco litoral parando por cidades a exemplo de Benevides cujo prefeito Edimauro Farias, além de possuir uma vasta cultura, vai mais além, pois é um grande visionário. Em nenhum momento em nossas conversas ouvi ela falar em política, mas sim em falar em sua luta constante em atrair investimentos a cidade e principalmente muito turismo, efetivamente o regional. Tanto que foi a Gramado, na Serra Gaúcha, buscar inspiração obsersvando o Natal Luz de lá e, encantado com o que viu, voltou com a seria intenção de fazer o mesmo em Benevides. Já em novembro o natal de Benevides ganha às ruas e segundo ele, será o maior natal da região, consciente de ainda terá que caminhar muito para conquistar a grandiosidade de Gramado, todavia já segue a passos largos e visitando sua "indústria do natal", totalmente artesanal e com objetos 100% reciclados a partir de garrafas pet e com isso envolvendo toda a comunidade que, ao trazerem determinado números de garrafas vazias "catadas" na natureza, ganham cupons que serão sorteados com excelentes presentes. Além de que, com essa indústria gerou empregos, pois todos são assalariados e com o natal pronto, irá atrair muito mais empregos diretos e indiretos. Um exemplo a ser seguido. Mas trabalho e menos política. Vale que seu secretariado é composto apenas de um homem e o resto somente mulheres. A dica para você dormir na cidade é o Hotel Fazenda São Luiz, do casal Socorro e Nilton Campos. São 42 leitos a sua disposição.
Clic na foto para ampliá-las

Seguindo viagem, de uma paradinha em Maraporim e conheça o verdadeiro Carimbó, uma dança que segundo alguns historiadores, é de origem africana, que encontrou na cultura indígena e portuguesa elementos para torná-la a identidade de povo paraense, amazônida, que vem se firmando há mais de um século. Segundo informações do prefeito José Ribamar, em Maraparim, o carimbó surgiu na comunidade de Santo Antonio, hoje Maranhãozinho. "Há em nosso município cerca de trinta e cinco grupos de carimbó, uns famosos, outros ainda na espera de uma oportunidade para mostrar sua música, sua criatividade em "pau de corda".

Clic na foto para ampliá-las

Logo mais em frente pegue o barco em direção a Ilha da Maiandeua e prepare-se para voltar no tempo, pois somente ha pouco tempo a rede elétrica pois instalada graças a uma promessa feita ha mais de 30 anos pelo então cidadão Simão Jateme, numa mesa do La Dunes Drinks. Lá estavam o seu José Cristo de Souza, o "Gudengo, primeira criatura a "fincar pau" na Ilha e, com ele os amigos de coração, "macaco", "visaje", "porco", "peso", "bode" e Simão Jatene. Entre um peixe frito e outro, entre um caranguejo e outro, J ateme disse que se um dia fosse governador do Pará a primeira coisa que faria seria levar a luz elétrica àquela Ilha. Um dos amigos então disse: "Quem sabe um dia você chega lá". 38 anos depois, em 2003, Simão Jateme, assume o Governo do Estado do Pará, e depois de três meses no poder, a luz chega à Ilha de Maiandeua. Promessa feita, promessa cumprida. Não espere encontrar na Ilha o corre-corre da vida agitada, carros, poluição sonora, vida agitada, stres... Nada disso. Deixe tudo isso no continente pois será bagagem extra. Lá os únicos veículos que encontrei foram charretes, que serão teu táxi para todos os lados. Lá não existem carros, motos ou similar. O único carro que andei foi a vela, graças ao vento. Também não espere encontrar os mega resorts e grandes hotéis. Ao contrário, pousadas extremamente acolhedoras, gente simples e muito hospitaleira. Minha dica é a pousada Mothologia do francês Betran Corte e sua esposa Helenice Souza Corte, que fica de frente para a Praia do Farol na comunidade de Algodoal. Pelo astral do lugar, pedir mais é exagero.
Clic na foto para ampliá-las

Esqueça do mundo. O negócio é mochila nas costas e chinelo nos pés. Muito protetor solar e água minera! Ponha-se a desbravar esse pedaço do paraíso que só um poeta pode conseguir narrar em sua exatidão. Dando a volta pela Ilha, tomando a direita da pousada, siga em direção da Praia da Princesa e esbalde-se naquele mar quente e límpido. Quer mais aventura? Pergunte a direção da Lagoa da Princesa, no meio das dunas a exemplo dos Lençóis do Maranhão. A caminhada e leve, pela areia. Você pode andar por tudo. Mas se não for adepto a caminhadas. Chame um táxi, ou melhor, uma charrete. O passeio até lá não custa mais de R$ 20,00. O resto, bom o resto é você descobrir por só, pois tenho certeza que tua história será diferente da minha, da dele... Lá na Ilha, você é o roteirista e artista coadjuvante de uma natureza intacta. Preserve-a!

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

POUSADA PEDRA DA ILHA EM BALNEÁRIO DE PENHA - A Capital catarinense do turismo temático






Pensar em Penha pensar em diversão, além de muito sol e praia. São 31 quilômetros de orla marítima onde temos a nossa disposição 19 praias com águas cristalinas. O povoado teve início com a construção da Capela de São João Batista, em 1.759. Sua colonização começou a partir do século XVIII com a invasão espanhola à Ilha de Santa Catarina, Florianópolis, por pescadores portugueses - na maioria açorianos - fugindo dos invasores e que procuravam novos locais para a caça e beneficiamento de baleias. A Armação do Itapocoroy tornou-se então sede, na época, de uma das maiores armações baleeiras do sul do Brasil. A partir daí, uma nova comunidade, criada a seis quilômetros da Armação por moradores deslocados de núcleos de Itapocoroy, teve progresso suficiente para ser elevada à categoria de freguesia em 23 de março de 1839, com o nome de Freguesia de Nossa Senhora da Penha do Itapocoróy. Felizmente no século XIX a caça da baleia entrou em crise e foi substituída pela pesca artesanal e comércio rudimentar como subsistência. Penha então assume em definitivo a liderança como a sede da comunidade.




Os primeiros dados populacionais são de 1840, quando tinha 1.640 habitantes, já em 1920 tinha 4.830 habitantes. Com vocação turística, a cidade teve seu desenvolvimento na década de 70 e hoje sua população gira em torno de 15 mil habitantes, chegando a passar dos 100 mil durante a temporada de verão. Uma nova fase do Município começou a ser vivida com a instalação do Beto Carrero World - maior parque temático da América Latina e quinto do mundo. Quando então acontece a verdadeira explosão turística.



Somente no último mês de julho 32.400 mil turistas visitaram a cidade e a taxa de ocupação hoteleira ficou em 70,56%, segundo levantamento realizado junto aos hotéis da cidade. A pesquisa demonstrou ainda que a maioria dos entrevistados visitou a cidade para turismo e lazer e os atrativos turísticos escolhidos, segundo 100% dos visitantes, foram o Beto Carrero World e as praias do município. Vale ressaltar que o parque voltou as bater novo recorde de público neste feriadão da independência. Foram 12.300 pessoas dançando o espetáculo Thriller, novíssima atração encabeçada pelo sósia do cantor Michael Jackson, que não deixa ninguém parado. Ficou também evidenciado que a maioria dos visitantes possuem o grau superior completo, demonstrando o potencial do município para receber um público qualificado. Outro detalhe que facilita muito a visita ao município é o acesso fácil via BR 101 duplicada e o transporte aéreo, em razão da proximidade com o aeroporto de Navegantes (18 km). Estando em Penha, não deixe de visitar e fotografar a vontade à Ponta do Vigia, Praia do Quilombo, Praia Vermelha, Praia da Paciência, Praia do Trapiche, Praia Alegre, a Ponta da Cruz e a Capela de São João Batista, onde tudo começou.


Hoje, a frente da prefeitura o competente Evandro Eredes dos Navegantes, que entende muito de turismo pois fez escola no próprio Beto Carrero World, onde trabalhou por mais de 12 anos, tendo como professores o saudoso Sergio Murad, o Beto Carrero, além do seu grande amigo até hoje Alex Reiter, diretor do parque. Além deles tem uma dinâmica Secretaria de Turismo e por tudo isso Penha já faz parte inclusive do projeto de cicloturismo, desenvolvido pela AMFRI/CITMAR – Consórcio Intermunicipal do Turismo da Costa Verde e Mar. O Cicloturismo, que será implantado na cidade a partir deste mês, é uma forma de turismo que consiste em viajar utilizando como meio de transporte uma bicicleta. A paixão pelas pedaladas e por lugares agrestes e de natureza exuberante é o lema dos cicloturistas que utilizam o esporte para despertar o espírito aventureiro dos participantes, independentemente de competição ou hobby.


Segundo a secretária de turismo, Larissa Andrade, Penha tem um grande potencial para o turismo de esportes e aventura. “A viabilização e divulgação de um roteiro voltado para os “cicloturistas” em Penha irá auxiliar na captação de novas demandas qualificadas que buscam opções de lazer e aventura com qualidade de vida”, afirma.


O projeto tem total suporte técnico da Associação Brasileira de Cicloturistas e da Associação de Ciclismo de Balneário Camboriú e Camboriú que já visitou e mapeou toda a região para atender as expectativas do público que será recebido de forma constante. Em Penha, o roteiro passará pela Praia Vermelha e mirante, seguindo pela Praia Grande para conhecerem a Ponta da Vigia, passando pela Praia de Armação de Itapocorói e continuando até a Praia Alegre com destino ao Balneário de Piçarras. O circuito foi planejado e desenvolvido para viabilizar um roteiro integrado entre os 11 municípios litorâneos que fazem parte da Costa Verde e Mar, iniciando em Bombinhas e terminando no Balneário de Piçarras. É o primeiro circuito de cicloturismo do Brasil a abranger uma região principalmente focada no litoral. Num total de 270 km, o circuito possui seis trechos e dá preferência por estradas de terra e vias urbanas, evitando ao máximo as estradas asfaltadas, visando a segurança e tranqüilidade do cicloturista.


O crescimento da cidade não é só material, mas também virtual. O website da Secretaria de Turismo de Penha (http://www.turismopenha.com.br/), que foi lançado há pouco mais de um mês, já vem obtendo resultados positivos, segundo informações e dados do seu painel analítico. Só no mês de agosto, 1º período de funcionamento, o site oficial do turismo teve 2.429 páginas visitadas e 635 acessos. Internautas de várias partes do país e exterior visitaram o website de Penha. Mais de 80% dos acessos foram do Brasil. No cenário internacional, o site obteve visitas da Suíça, Chile, Canadá, Alemanha, Estados Unidos, Aruba e Argentina. Do território nacional, os destaques foram para os internautas de Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Distrito Federal, Minas Gerais e Goiás que somaram mais de 70% dos acessos.


Nos dias de hoje, com o desenvolvimento rápido da tecnologia, é fundamental acompanharmos as tendências do mercado e buscarmos canais de comunicação eficazes para gerar visibilidade e divulgação ao município”, afirma a secretária de turismo Larissa Andrade. “A internet é com certeza, um dos principais meios de comunicação do mundo e, para isso, é necessário ter um site com conteúdo e design atrativos à altura dos interesses dos visitantes e compatível com as modernas tecnologias”, completa.




Penha, com todo esse progresso, graças a esta nova administração, assiste crescer exponencialmente a olhos vistos sua infra-estrutura de hotelaria e gastronomia. E no quesito estar bem hospedado o primeiro lugar vai para a Pousada Pedras da Ilha que é puro charme. Foi fundada em 1999 e está situada na paradisíaca Praia Alegre. Possui amplas varandas, três piscinas, inclusive térmica, cinco quiosques, sauna úmida e seca, salão de jogos, bar, salão de café climatizado com vista para o mar. Suas suítes são tematizadas, decoradas com temas de países como africano, oriental, romano, havaiano, brasileiro e americano, sendo que todas elas possuem banheira de hidromassagem, colchão box spring 2 x2 metros, com 35m² de área. O projeto arquitetônico desenvolvido por Pablo J. Vailatti, arquiteto da PJV Arquitetura, e sócio - fundador da Pousada Pedra da Ilha.


Uma pousada exótica para fugir do corre-corre diário e desfrutar de férias espetaculares. A sensação que se tem é de estar em casa, todavia tendo como quintal um mar cristalino. Tem um dos melhores padrões de atendimento do litoral catarinense e justamente por isso ganhou o título de melhor pousada da região pelo Guia 4 Rodas. Já a revista Mares do Sul a qualificou como um dos melhores refúgios do Estado. Some-se a isso salão e auditório para eventos, além de salas de apoio com ambientes climatizados. Toda a pousada é servida por internet Wirelles. Mesmo num refúgio da natureza você não perderá o contato com o mundo, já que se você estiver a trabalho, com certeza o trabalho se tornará um tremendo prazer. Graças a tudo isso, a procura consequentemente aumentou e a pousada já está em franca expansão, tanto que até o final do ano mais 44 unidades serão inauguradas, totalizando 71. Outro "pequeno detalhe" é que as novas unidades de frente para o mar também terão hidros na sacada, além de outra no banheiro. Portanto meu caro leitor (a), a sua frente, somente o mar verde esmeralda e o horizonte celeste. A noite quem faz a serenata é o luar. Da sua sacada você poderá observar o vai e vem dos pescadores com suas varas e bóias luminosas em busca do saboroso peixe espada. No mole a esquerda da praia é um tremendo pesqueiro.



No quesito GASTRONOMIA você estará muito bem servido tanto na pousada como na orla marítima. Próximo a pousada, na Av. Nereu Ramos, está o excelente restaurante Praia Alegre que é capitaneado pela chef Adriana Bonadiman, que teve como mestre nada mais nada menos que o francês Michel Guerard, na Compagnie Hoteliere et Ferniere D´Eugenie Michel Guerard - S.A.S. Um espetáculo! Mas se você prefere uma boa pizza, minha indicação é a Pizzaria La Roza, do casal Helena e Jair Zimermann. A pizza na pedra deles é qualquer coisa de sensacional. Agora se você é adepto de um bom filé acompanhado de um chopp da Bierland estupidamente gelado, teu endereço é um só: O Gertrudes Bier que fica na mesma avenida, um pouco mais adiante. Lá você será recepcionado pela querida Marina Heineberg. Já para quem prefere frutos do mar, siga até a praia da Armação. De frente para a praia paradisíaca estão os restaurantes Petisqueira Alírio, com mais de 40 anos de bons serviços e a Petisqueira e Restaurante Sombreiro. Difícil dizer qual o melhor, vai depender da sua fome. Almoce em um e jante no outro e tire a tua própria conclusão. A única certeza que tenho é que você voltará.

Seja por suas belas praias, diversão ou por seu potencial turístico atraído pelo maior parque temático da América Latina, que já recebeu mais de cinco milhões de visitantes, Penha é lugar ideal para se descansar e levar ótimas recordações pois a cada por do sol, dependendo da praia em que você estiver, será único e indescritível. Pousada Pedra da Ilha e Penha - para quem tem extremado bom gosto.

segunda-feira, 31 de agosto de 2009

PARQUE UNIPRAIAS CAMBORIÚ COMPLETA 10 ANOS


Quem conhece apenas em ouvir falar e ainda não viu sequer um vídeo ou uma imagem do Parque Unipraias, não tem idéia do que o complexo significa para o turismo de Balneário Camboriú, de Santa Catarina e até do País. São 10 anos completados neste mês de agosto, nos quais o Parque Unipraias investiu nada menos do que 20 milhões de reais e se tornou passagem obrigatória nos passeios turísticos e visitas realizadas pela região, tanto que foram mais de 4 milhões de visitantes nesse tempo.



Para se ter uma idéia, o Parque é o único do Planeta a ligar duas praias por bondes aéreos (teleféricos), a Praia Central de Balneário Camboriú, à praia agreste de Laranjeiras, ao sul da cidade e do outro lado do rio Camboriú. O Parque está aberto o ano inteiro e, talvez por este motivo, seja uma das principais atrações de Balneário Camboriú que, por muito tempo, foi destino turístico apenas para o lazer em praias. Há 10 anos essa realidade mudou, e o Unipraias ajudou a cidade, que vivia apenas do verão, a entrar na rota dos passeios em todas as estações do ano, ao lado de outro grande complexo turístico do município, o Cristo Luz.



Apaixonou visitantes por outros nichos de turismo, de aventuras e ecológico; ensinou crianças a conviver com a natureza e a respeitar as espécies da fauna e flora, e continua fazendo tudo isso de maneira intensa, tanto que já recebeu diversas premiações, entre elas Prêmios Top de Marketing ADVB/SC 2000 e 2008; 7º Prêmio Empresa Cidadã - ADVB (2005); Prêmio Destaque do Turismo – Revista Turismo/RJ (2002); Prêmio Fritz Müller – Fatma (2001); Prêmio Amigo de Santa Catarina – Governo do Estado (2001); Troféu Destaque ABIH/SC (2000); Prêmio Master de Turismo “Ô Catarina” – ABAV/SC (1999/2000/2001); e Prêmio Qualidade Superior (pela Leitner-1999).

São 202 mil metros quadrados de área verde, passarelas, um cenário imperdível com uma panorâmica de toda a praia Central de Balneário Camboriú a mais de 180 metros de altura, na sua segunda estação, a da Mata Atlântica, sobre o Morro da Aguada. A primeira estação está na Barra Sul, onde está instalada praça de alimentação e lojas, e onde se faz o embarque e se recebe instruções do passeio inesquecível. São 47 bondinhos italianos que realizam o trajeto por cabos que recebem manutenção constante, iniciando a passagem sobre o rio Camboriú e o bairro da Barra.


Chega, então, à Estação Mata Atlântica, na qual o visitante pode realizar parada, e conhecer as trilhas ecológicas, fazer passeio radical no Yoohooo!!!!, que é o trenó de montanha a uma velocidade de até 60 quilômetros por hora, ou praticando arvorismo no Parque de Aventuras, outra grande atração do Uniprais, em que se pode aproveitar a natureza de várias maneiras. Na terceira estação, o turista ou morador poderá desembarcar na Praia de Laranjeiras, visitar a praia, e retornar pelo parque, com o mesmo ingresso adquirido. Também existe há oito anos o projeto Parque Escola, no qual já participaram mais de 50 mil estudantes no programa “diversão que educa”, com foco na responsabilidade social e a preservação do meio ambiente. Também promove programa à profissionais, que realizam treinamento empresarial. Nesse caso, a intenção éa melhorar a comunicação, a liderança e a competência em vendas. As atividades são desenvolvidas por um consultor que, após treinamento, emite relatório às empresas. Por alguns desses motivos, ou por outros que fazem parte da história e do dia-a-dia do parque, é que o Unipraias deve ser visitado, não apenas com os olhos em portas retratos, na internet, ou em programas de televisão. Conhecer o Parque Unipraias de perto, ou reviver o passeio, vale a pena, há uma década.

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

CERRO BAYO - VILLA LA ANGOSTURA - ARGENTINA




O grande encanto que se experimenta ao chegar em Bariloche é causado pelo ambiente de montanhas, os lagos ao redor, rios e bosques banhados de neve. Centro do Parque Nacional Nahuel Huapi, é uma das cidades mais povoadas da província do Rio Negro e um dos principais centros turísticos da Argentina. A geografia local permite a realização de diversas atividades e a região ainda possui um moderno e sofisticado centro de esqui, o famoso Cerro Catedral, um dos melhores lugares para a prática de esportes invernais, com áreas para pedestres, esquiadores e snowbordistas.





Localizada a apenas 85 km da cidade de San Carlos de Bariloche, província de Neuquén, coração da Patagônia, está a charmosa Villa La Angostura, também uma área de lagos, rios e montanhas, rodeada de bosques, ideal para as férias, o melhor dos destinos, depois de San Carlos De Bariloche, para quem não quer somente esquiar, mas curtir o melhor que a Patagônia tem a oferecer. Villa Angostura (também chamada Villa Angustura) conta com variadas opções de hospedagem de excelente nível e preços. Desde Puerto Manzano até Puerto Arauco, e passando a zona do Rio Correntoso você encontrará bungalows, hospedarias, appart e hotéis. O modo mais fácil de chegar a esse vale repleto de neve é através do aeroporto Internacional de San Carlos de Bariloche. Tem voos diretos de Florianópolis, na alta temporada, voando TAM e vôos regulares saindo da Capital Buenos Aires.


Para ser mais exato, Villa está localizada no extremo sul da Província de Neuquén na margem norte do Lago Nahuel Huapi a 473 km da capital neuquina e a 1.693 km. de Buenos Aires, em plena cordilheira patagônica. É a porta de entrada ao Parque Nacional Arrayanes, único lugar no mundo onde se encontra um bosque natural desta espécie. A estação de esqui Cerro Bayo esta localizada a menos de 10 km do centro da cidade e possui todos os serviços como estacionamento, sanitários, guarda-roupa, farmácias, aluguel e venda de equipamentos e roupa de esqui, escola de esqui, escola e creche para crianças, gastronomia, sala de primeiros socorros, etc. A altitude é de 1.050 metros na base e 1.750 metros no topo. Possui 11 ski-Lifts.





Para esquiar o Cerro Bayo dispõe de 20 pistas de ski com vista para ao lago Nahuel Huapi, tanto para amadores como profissionais. O equipamento pode ser alugado no mesmo Cerro Bayo, ou nas lojinhas no centro da cidade, onde é muito mais barato, valendo a pena você alugar o equipamento para toda a semana do que diariamente. O Cerro Bayo é perfeito para esquiadores e snowbordistas. Mas os não praticantes também tem vez. Na Villa há escolas que dão cursos rápidos para quem quer manter a pose, mesmo que seja para sair bem na foto. Você tembém pode incluir pelo menos duas horas de aula ao comprar seu pacote de férias. Não esqueça de pegar na base da montanha um mapa com a descrição das pistas. A temporada por aqui começa já no final de Junho e segue até Setembro.




Eu sempre escolho estar aqui na última semana de Julho e na primeira semana de Agosto, justamente porque a neve é mais do que garantida, os preços começam a cair devido a meia temporada e o turismo argentino (ferias escolares) terminam. Os mais antenados também costumam chegar nesta mesma época e não se espante em cruzar pela rua Bill Gates ou Silverter Stalone, que possuem residências por aqui. Além de muita neve, e ótimas pistas de esqui, a cidadezinha possui fenomenais restaurantes e lojas de grife, combinação que atrai os habitués acima e muitas outras celebridades.




À beira do Lago Nahuel Huapi vale a pena conferir o setor residencial para apreciar a arquitetura típica da cordilheira. Sobre a costa leste você irá encontrar o complexo Bahia Manzano que está a sete km da Avenida Arrayanes indo em direção a Bariloche. O lugar foi povoado desde fins do século passado. Em 1920 existia um negócio de ¨ramos generales¨ atendido por dois suíços que após alguns anos venderam a propriedade. Também funcionou aí uma serraria da zona que na década do 40 foi adquirida por uma companhia que ampliou a forestação e começou a urbanização. Estrategicamente falando, Puerto Manzano tem localização perfeita para os adeptos da pesca, ski, esportes náuticos, mountain bike e outros.


Se você quer se aventurar mais ainda, alugue um carro e percorra o caminho dos Sete Lagos. Pegue a estrada 234 ou Caminho dos Sete Lagos que une a vila com San Martin de los Andes. Nos 110 km de caminho, você percorrerá bosques, montanhas e lagos espectaculares. Mas antes de pegar a estrada, informe-se se a estrada está liberada (poderá estar fechada devido a nevascas) ou se está próximo a cair muita neve. Você poderá ficar pelo caminho, o que não é nada legal. Na ultima vez que por essas bandas, fiz o caminho contrario, pois estava passando férias em Chapelco (San Martins de Los Andes). Dois dias depois a neve era tanta que não se podia ir a lado algum. Nem de avião. Nunca vi tanta neve.





Outro passeio obrigatório é o Parque Nacional Arrayanes. Quando estiver lá, procure um caminho com escadas à direita que dá aos Miradores de Quetrihué. Dali a visão é paradisíaca da Residência provincial El Messidor, as pistas de esqui do centro invernal Bayo, os cerros Incayal e Balvedere e a zona onde se produz a La Angostura do istmo.

Mr. Naipe (Ricardo Ferrarotti) - O melhor guia da CVC na região. Não deixe de visitar a "Roca Negra"



Outro ponto forte da região é a gastronomia. Aproveite as parrijadas, os raviólis, os vinhos, chocolates, os cem números de bistrôs e cafés. A fartura não é como a nossa, cada pedido é único e tem seu preço. Os acompanhamentos são separados e com preços diferenciados, inclusive para quem pede um simples talharim. Os molhos são separados e com preços distintos. Outro detalhe é que lá, no preço final da refeição não consta os 10% do garçom, que são chatos e insistentes em cobrar a "propina". Portanto, é de bom tom dar os 10% para não ouvir, literalmente, desaforos. Eu presenciei isso inúmeras vezes. Se fizer isso, não volte mais ao mesmo restaurante, café, bistrô ou seja lá o que for.

O ponto negativo, para os profissionais de turismo, é que não existe qualquer acolhimento, qualquer informação ou gentileza. Não espere ser convidado para alguma coisa, mesmo informando antecipadamente que você está indo ou identificando-se como "periodista" nos órgãos de turismo ou recepção do teu hotel. A recepção será tão gelada quanto ao clima. Outro detalhe importante: Não queira comparar nossos resorts e hotéis cinco estrelas e cafés da manhã com os de lá. Deixam demasiadamente a desejar. Pesquise bem onde irá ficar. Para ver todas as fotos CLIQUE AQUI.

sexta-feira, 10 de julho de 2009

EXCLUSIVE PARADOR



De longe parece um veleiro pronto a içar velas mas, ao chegar lá, tem-se a impressão de estar dentro de um transatlântico super luxo. Assim é o Parador Estaleiro Hotel, localizado na Praia do Estaleirinho, anexo a Balneário de Camboriú. De tão espetacular e com poucos anos de vida, já foi contemplado como a melhor novidade, a melhor pousada do País em uma das edições do Guia 4 Rodas Brasil. Uma obra prima de arquitetura e engenharia a beira-mar. Desde o mobiliário, escolha de materiais, projeto paisagístico e decoração. Tudo irá te surpreender.


E não é só isso ! São 15 suítes com hidromassagens, closet, tv tela plana, acesso a internet, tv a cabo além de 40 funcionários prontos a te servir. Além disso, adega com 3.500 garrafas com charutaria anexa de sabores e aromas refinados de todo o mundo, sala de ginásticas, piscina, saunas, quadras de tênis, squash e paddle, anfiteatro e cinema com capacidade para 48 pessoas. Isso tudo cercado pela intocada mata atlântica e uma praia praticamente virgem.



A cozinha do Parador é mediterrânea. O Bistrô tem vista para o mar, além de ser acompanhado por um bar completo num ambiente de te tirar o fôlego. No andar de baixo um loudge com home theater, onde todos se divertem embalados por ótimos DVDs. Durante o café da manhã, você já pode pedir ao garçom que providencie tuas cadeiras, toalhas e guarda-sol na praia. É muita mordomia mesmo.


Se você gosta de "altas ondas", não poderia escolher melhor local para tirar tuas merecidas férias. Em frente ao Parador o pico é perfeito para o body boarding. Esquerdas espetaculares. Além disso o hotel tem para esse verão a parceria da Warung, considerada uma das melhores casas noturnas do Brasil. Djs estarão fazendo a festa num loudge especialmente preparado nas areias da paradisíaca Praia do Estaleirinho. Cabe lembrar que a festeira Ivete Sangalo e o mega Dj francês Bob Sinclar já estiveram por lá fazendo a festa. A noite o local torna-se mágico e até as corujas te fazem companhia.



A praia é praticamente exclusiva e sem muvuca para alegria de todos. No máximo além do hotel, mais três restaurantes na orla. Vale a pena comentar sobre o melhor deles que ha 25 anos serve o que existe de melhor. Trata-se do Restaurante Estaleirinho que está localizado na ponta da praia, a direita do hotel. De propriedade do pescador Luiz Cesar de Almeida, que costuma ir buscar seus pescados a 200 milhas da costa. Duvida? Então siga minha recomendação. Peça um "Peixe a Estaleirinho" e confira. Delicie-se com a entrada "caldeirada de frutos do mar" (lula, polvo, marisco, peixes, camarões e carne de siri). Tudo isso acompanhado por um tremendo filé de Dourado ou Meca grelhados. De lamber os dedos. As Lagostas do Estaleirinho, gratinadas e ao ternidor é outra grande dica. Os preços também são ótimos. Para se ter uma pequena idéia, um Dourado grelhado, acompanhado de três tipos de arroz, batata soutê e entrada de bolinhos de peixe, para duas pessoas custa apenas R& 25,00.


Para chegar ao Parador Exclusive é muito fácil já que está localizado quase as margens da BR 101, sentido Florianópolis - Balneário Camboriú. Antes de entrar no túnel e logos após a Polícia Rodoviária Federal, você deve pegar imediatamente a marginal direita. Pronto, chegou na Praia do Estaleirinho. Daí e só seguir as placas de indicação ou perguntar a qualquer pedestre. O Parador Exclusive é simplesmente único, onde você esquece o tempo e a natureza te cerca e contagia. Mais informações pelo site http://www.paradorestaleirohotel.com.br/, também pelo e-mail parador@paradorestaleirohotel.com.br ou pelos telefones 47-3261-6660 / 666. No mais, é curtir o máximo possível essas férias que com certeza serão inesquecíveis.

segunda-feira, 6 de julho de 2009

POUSADA VILLA PARADISO - O paraíso é aqui !

VILLA PARADISO - O paraíso é aqui !!
Provavelmente você já tenha ouvido falar no Balneário de Bombinhas, a capital mundial do mergulho ecológico, graças suas areias brancas e um mar cristalino em tom de esmeralda. Bombinhas está distante apenas 85 quilômetros de Florianópolis, a Capital dos Catarinenses. Se você vai de barco, o endereço é: Lat 27º 08,85'S - Long 048º 28,96'W. Para chegar lá você passara pelos Balneários de Itapema, Perequê, Porto Belo, Bombas e finalmente Bombinhas. Menos de 10 quilômetros à frente, Mariscal, Zimbros, Quatro 4 Ilhas, Tainha, etc. Um sobe e desce de pequenas serrinhas com visual de tranqüilizar o mais ansioso. O que também não é novidade é que a natureza foi e continua sendo pródiga em Santa Catarina. Talvez nada disso seja novidade para você mas, caminhando pela praia ou pela rua principal, ao chegar no costão você vislumbrará, encantado, o Villa Paradiso.

Clic nas fotos para amplia-las

Uma fantástica pousada que lhe dará a nítida sensação de estar na Ilha de Bali. Um lugar perfeito para não fazer nada mas com opções para fazer tudo. A primeira sensação que o turista perceberá é que cada minuto do seu dia ali valerá a pena. No Villa você encontrará muito mais aventura do que imagina. Uma pousada extremamente bem distribuída numa área de 10.800 metros quadrados. Para início de conversa, é cercada pela mata nativa, árvores frondosas, coqueiros, canteiros de flores e riachos. São 17 bangalôs, oito apartamentos vips para casal (todos com churrasqueiras, hidromassagens interna e nas varandas), além de nove hidromassagens e dois ofurôs livres para os hóspedes. Fora isso, uma imensa piscina em forma de cascata com bar aquático e relaxamento balinês ao ar livre.



Os bangalôs e apartamentos possuem personalidade própria. Todos com fino acabamento e decorados com móveis rústicos. Nenhum detalhe foi esquecido. Passarelas interligam os bangalôs e o acesso a praia. De todas as varandas e janelas se vislumbra a praia de areias finas e brancas, além do mar verde-esmeralda, repleto de veleiros. Durante a alta temporada, transatlânticos internacionais lá aportam. Na realidade, uma semana é muito pouco para ver e desfrutar de tanta coisa.


A noite a paisagem se transforma. Mais de 500 pontos de luz modificam as cores de tudo. Um outro mundo se descortina a sua frente. É uma pequena visão do paraíso. Um lugar de fantasias a sua inteira disposição. Para a galera disposta a cair na balada, lugares é que não faltam, já que o Café Pinhão e o Baly Hay estão distantes entre cinco e 10 quilômetros, isso sem contar os diversos barzinhos e restaurantes na orla marítima. No Paradiso, tudo foi exatamente bem planejado para melhor servir o turista, começando pelo café da manhã, que é servido no próprio bangalô ou apartamento. Para isso basta levantar o telefone e chamar à copa. Em alguns minutos frutas, sucos, pães fresquinhos, doces, bolos, cereais, enfim, um verdadeiro banquete é servido. Pela manhã, Com o mar totalmente cristalino, a principal atração é o esporte aquático, começando pelo mergulho. Você não sabe mergulhar? Isso não é problema, anexo a pousada, cursos são oferecidos por diversas equipes especializadas (Trek & Dive), com todo conforto e segurança. São aulas práticas e teóricas que permitirão teu ingresso ao mundo subaquático. Destino: Ilhas da reserva do Arvoredo.

Se o teu negócio não é mergulho, que tal passeios de lanchas, escunas e veleiros? Você terá a sensação de navegar a vela numa viagem através do tempo. Prefira o "Lendário", um barco clássico, armado com velas latinas quadrangulares e bujas. O Comandante é argentino, residente no Brasil há mais de 15 anos. No veleiro você não será um mero turista, mas se desejar, poderá se tornar um marujo, ajudando a içar as velas, manobrar o barco, etc. Para embarcar é só fazer a reserva com antecedência e embarcar junto ao trapiche, em frente a pousada.


Gosta de pescar? O próprio trapiche é o ponto preferido e mais procurado para este esporte. Depois do sol, os cardumes de manjuvas se aproximam da costa. Em busca delas, os cardumes de peixes espadas. Se você não tem o equipamento, próximo a pousada, diversas lojinhas de pesca tem todo o equipamento, que não custará mais do que R$ 30,00, incluindo-se aí, meio quilo de iscas e bóia luminosa. Cansou de tanta coisa, então relaxe dentro de uma ofurô e pelo telefone agende uma massagem. A pousada também dispõe de massoterapia e terapias alternativas.

O Villa também é servido por TV via satélite e internet wireless. Mas se mesmo assim, se todos os canais não te interessam, entre em contato com a recepção e solicite alguns dos mais de 80 títulos de filmes a disposição. No horário que você agendou, ele estará em sua telinha, dentro do bangalô. Melhor impossível.

Portanto, em suas próximas férias, o Villa Paradiso é uma fantástica opção com muita qualidade de vida. Lá você passará a ver as coisas ao redor de uma forma bem mais tranqüila, sem o estresse e o nosso mau humor de cada dia. A tranqüilidade que se respira lá, a beira mar, a gentileza dos funcionários, as opções de lazer, o clima romântico, nos envolvem de uma tal maneira, que a vontade é não voltar mais para casa. É o nosso entrosamento, homem-natureza, vivendo em harmonia. Entre em contato através do reservas@villaparadiso.com.br

quinta-feira, 2 de julho de 2009

REFÚGIO DO ESTALEIRO

REFÚGIO DO ESTALEIRO
Sempre tive a opinião de que desta vida só levamos o bem que fazemos, os amigos que conquistamos, os lugares que conhecemos e desfrutamos. E neste último quesito, morar em Santa Catarina em um privilégio como poucos. Santa e Bela Catarina, com certeza Deus, ao "fazer o mundo", parou em nosso Estado pra descansar. Neste final de semana, tido como um o mais romântico do ano, graças ao dias dos namorados, resolvemos passar um final de semana mais do que romântico, tipo assim, em alguma ilha grega. Mas não precisamos ir tão longe. Pois diferente do aliado mar verde esmeralda de lá, temos aqui a natureza como a maior coadjuvante. Sexta-feira, depois do expediente, com as malas prontas, seguimos em direção a Porto Belo, antes de subir o morro para a Praia de Bombas, entramos (eu, esposa e filho) à esquerda no Yate Clube (caminho do Araça). Sobe morro, desce morro. O tempo vai ficando pra traz. Termina o asfalto, começa a estrada de chão, começa o calçamento, termina o calçamento, começa o asfalto de novo e finalmente, depois de exatos cinco quilômetros, no final desse caminho de beleza inigualável, passando pelas praias do Araçá e Estaleiro, você encontra o Resort Refúgio do Estaleiro. Indescritível! Nem as fotos conseguem mostrar o astral deste lugar digno dos deuses gregos.


Ele é simplesmente é único em sua categoria, pois conta com paisagens deslumbrantes em todas as direções. São ao todo 14 suítes e quatro chalés de respeito. Tvs 29 polegadas, DVDs, sacadas com deck de madeira, tudo muito bem decorado, camas king size, closet, frigobar. Além disso, você tem a tua disposição, piscina, cuja vista confunde-se literalmente com a água do mar, sauna, fitnes center e quadra de tênis. As luzes do hotel, aliado ao luar, nos dão ao chegar, uma recepção mágica, acolhedora. Da varanda da nossa unidade víamos o vai e vem dos pesqueiros de peixes espadas, além das bóias luminosas dos pescadores sendo arremessadas do costão. O Resort está aí, encravado no costão, parecido com aquelas casas nos rochedos das ilhas gregas, com uma grande diferença, no Refúgio, as árvores cercam tudo, dando completa privacidade ao hóspede.

Acordamos somente as nove horas da manhã com um tremendo estardalhaço promovido por um bando de Aracuãs em nossa varanda, que vieram justamente se alimentar no coqueiro cujos coquinhos amarelos estavam ao alcance das nossas mãos.



Trilhas ecológicas que levam o turista a cenários ricos e surpreendentes da mata atlântica bem como uma bela pescaria nos esperavam. Antes disso porém, o café da manhã, tudo com vista para o mar e um céu pra lá de azul.

Para chegar ao costão, são exatos 338 degraus por uma trilha de fácil acesso. Uma ótima manhã de pescaria com o resultado de três Garoupas no anzol. Vale lembrar que uma das grandes atrações dessa região é a pescaria noturna de Peixe Espada. Levar equipamento de pesca é fundamental, mas se você não tiver, não há com o que se preocupar. Na recepção do Refúgio você entra em contato com profissionais da área e acaba embarcando numa escuna com toda a infra-estrutura, equipamentos e inclusive iscas. O horário de saída é sempre ás 19 horas e o retorno lá pelas 24 horas, dependendo da quantidade de Espadas. Cabe informar que a tradição é de que o pescador que pegar o maior peixe, tem como prêmio, um ingresso para outra pescaria totalmente grátis. Você não pode perder.


A gastronomia é outro ponto forte do Resort. Cozinha internacional que na noite do sábado promovia uma belíssima noite de queijos e vinhos em volta da piscina. Todos sendo divinamente embalados pela dupla Maninho e Ricardo (Os Sagitais), com um repertório fantástico arrancando aplausos seguidos da platéia. Mas para cima tem a pizzaria, muito conhecida na região além de muito concorrida. Tem dias que a fila de espera é de uma hora e meia. Vem gente da Capital, de Tijucas, Balneário de Camboriú. Eu recomendo " à moda Refúgio". O local então é de encher os olhos, nada da natureza foi retirado para a construção da pizzaria, que foi construída sobre uma pedra. A Pizzaria do Refúgio do Estaleiro, bem ao estilo italiano, conta com forno à lenha, onde o pizzaiolo Jonas Raulino, exibe sua performance no preparo das pizzas a vista dos freqüentadores. A carta apresenta mais de uma dezena de sabores. De fundo a voz doce da Marcia, que não precisa mais do que um violão para dar um espetáculo a parte.


Se no dia seguinte você ainda estiver estressado, nada melhor do que uma boa partida de tênis. O Refúgio possui uma quadra profissional (claytech), e, se você resolver jogar a noite, sem problemas, a quadra conta com uma excelente iluminação. Para relaxar depois, uma boa sauna e ou então uma bela de uma massagem. É só entrar em contato com a recepção que a gaúcha Mary Canha, é feríssima em Shyatsu.


Portanto, não é a toa que o Resort estava lotado, pois o turista encontra muito mais do que possa imaginar e para se ter uma idéia melhor, só mesmo pessoalmente, já que diferencia-se pela sua localização, natureza pródiga e pelas praias vizinhas, principalmente a de Caeté. Enfim, se você busca lazer, descanso, privacidade com muita, mais muita qualidade de vida, esse é o lugar. Em sua próxima viagem, inclua o Resort Refúgio do Estaleiro em seu roteiro. A Giovanna, Alexandra, Fábio, Mary e toda a equipe do Resort farão todo o possível para que sua estada seja inesquecível. Você não irá se arrepender. Mais informações no http://www.refugiodoestaleiro.com.br/ ou pelo telefone (47) - 3369-8282.